A Terapia de Bowen no tratamento da Artrite Reumatoide

Posted on

As atividades de vida diária, trabalho e lazer, comprometidas por conta das deformidades, são o objetivo principal do tratamento da Terapia Ocupacional.

Alternativa assinalada no gabarito da banca organizadora: C Alternativa que indico após analisar: C Curtir Carregando… A Artrite Reumatóide (AR) é uma doença inflamatória crônica que pode afetar várias articulações. Fisioterapia e terapia ocupacional contribuem para que o paciente possa continuar a exercer as atividades da vida diária. A utilização de medidas de proteção articular durante a terapia e nas atividades diárias e profissionais disponibilizará uma analgesia mais duradoura do que os aparelhos de eletroterapia. Cerca de 50-80% dos indivíduos com artrite reumatoide tem FR, ACP ou ambos.As causas  Cerca de 50% do risco de desenvolver a doença pode ser atribuído a fatores genéticos. A ressonância magnética e a ultrassonografia podem mostrar alterações irreversíveis ou não.O tratamento O objetivo do tratamento é manter a artrite reumatoide em remissão e sem articulações inflamadas. Uma vez que os pacientes com artrite reumatoide são mais susceptíveis a infecção, a vacinação é recomendada, preferencialmente antes do início do tratamento medicamentoso. Alternativa assinalada no gabarito da banca organizadora: C Alternativa que indico após analisar: C O que é: Artrite reumatóide (AR) é uma doença crônica auto imune de causa desconhecida. Os pacientes com Artrite Reumatóide grave podem apresentar áreas extensas de vasculite cutânea provocando úlceras de difícil controle. Mas por enquanto estas substâncias são indicadas para casos e pacientes específicos, geralmente após falha da terapia convencional, ou em atrites iniciais agressivas.

A artrite reumatóide é uma doença reumática sistémica e a forma mais comum de artrite.

  • Estado da Artrite Reumatoide no início da gestação;
  • Uso de medicamentos antes e durante a gravidez e depois do parto (período de amamentação).

A pessoa com Artrite Reumatóide necessita de atendimento Reumatológico e medicamentos durante toda a vida, para poder controlar a doença.

Assim, os objectivos da Terapia Ocupacional no tratamento dos utentes com AR dependem dos problemas, das necessidades e interesses de cada um, bem como do estádio de evolução da doença. ARTRITE REUMATOIDE Esta cartilha descreve a Artrite Reumatoide, que é uma doença crônica , inflamatória, cuja principal característica é a inflamação das articulações (juntas), embora outros órgãos também possam estar comprometidos. OSTEOARTRITE Esta cartilha descreve Osteoartrite, que é uma doença que afeta as juntas da maioria das pessoas acima de 50 anos de idade. ISSN: 2448-0959 RESUMO A Artrite reumatóide (AR) é uma doença autoimune e crônica, caracterizada pelo comprometimento da membrana sinovial das articulações periféricas. Palavras chave: Artrite, Diagnóstico, Clínico, Laboratoria INTRODUÇÃO “A artrite reumatóide (AR) é uma doença autoimune inflamatória sistêmica caracterizada pelo comprometimento da membrana sinovial das articulações periféricas”. Artrite simétrica, ou seja, as mesmas partes afetadas nas duas mãos, é necessária a presença de nódulos reumatóide, fator reumatóide positivo no sangue e alterações radiográficas. (17) O tratamento da AR inclui educação do paciente e de sua família, terapia medicamentosa, fisioterapia, apoio psicossocial, terapia ocupacional e abordagens cirúrgicas. A fisioterapia e a terapia ocupacional colaboram para que os pacientes possam realizar as atividades do dia-a-dia. (21) A terapia primordial para o tratamento dos pacientes com AR é a terapia medicamentosa, exceto os casos com remissão clínica.

Artrite Reumatóide, Espondilite Anquilosante, Artrite Psoriática, Artrite Idiopática Juvenil Poliarticular e Psoríase em Placas

10) Cartilha de orientação de Artrite Reumatóide.

Comportamento distinto dos sorotipos do fator reumatóide em avaliação seriada de pacientes com artrite reumatóide inicial. Proteção articular, conservação de energia e prevenção de deformidades são as principais indicações das órteses de mãos e punhos na artrite reumatoide. Referências: Curtir Carregando… comentários No dia 12 de outubro, (2ªfeira), a Terapia Ocupacional do HOSA assinala o Dia Mundial da Artrite Reumatóide. A artrite reumatóide é a mais frequente doença articular inflamatória crónica, atingindo cerca de 63.200 portugueses (dados do Estudo Epidemiológico das Doenças Reumáticas em Portugal, EpiReumaPt). A artrite reumatóide é uma doença auto-imune em que o sistema imunológico ataca os tecidos normais, como se fossem invasores anticorpos. A artrite reumatóide também causa inflamação dos tecidos em torno das articulações e outros órgãos do corpo. As mãos e os pés são as áreas mais afetadas da artrite reumatóide, embora ele também pode afetar qualquer articulação revestida por uma membrana. A artrite reumatóide é referido como uma sistemática doença e, às vezes chamada de doença reumatóide. Acelerou o aparecimento da artrite reumatóide não significa que o indivíduo está em maior risco de progressão da doença.

A Terapia de Bowen no tratamento da Artrite Reumatoide

  • The Arthritis Foundation: www.arthritis.org

Mas a artrite reumatóide é uma doença que progride e que tem o potencial de causar conjunta destrution e incapacidade funcional.

A artrite reumatóide pode começar em qualquer idade, mas é mais frequentemente começam no início da década de quarenta. A artrite reumatóide pode afetar também o conjunto responsável pelo agravamento das cordas vocais para mudar o tom da voz, embora raramente. Como mencionado antes, a artrite reumatóide é uma sistemática doença que pode afetar os órgãos e áreas do corpo que não as articulações. Reduzir a inflamação das articulações, e dor, maximizando a função articular, e impedindo a destruição da articulação é o objetivo atual no tratamento da artrite reumatóide. A característica básica da manifestação articular da artrite reumatoide é a inflamação da sinóvia (sinovite), podendo acometer qualquer uma das articulações diartrodiais do corpo. No entanto, a doença pode ser oligo ou até monoarticular; artrite em mãos: o acometimento de punhos, metacarpofalângicas (MCF) e interfalângicas proximais (IFP) é frequente, desde o início do quadro. Embora as manifestações articulares sejam as mais características, a artrite reumatoide pode ocasionar acometimento específico em outros órgãos e sistemas. Os quadros pulmonares podem ser decorrentes da própria artrite reumatoide ou da terapia utilizada (metotrexato, sais de ouro e penicilamina) que causam doença intersticial semelhante à artrite reumatoide. Durante o período gestacional, observa-se geralmente uma melhora das manifestações clínicas da artrite reumatoide em até 75% das pacientes, embora 90% apresentem recaída nos primeiros 6 meses do puerpério.

A terapia de células-tronco melhora os sintomas da artrite reumatoide

Diversos exames complementares podem ser utilizados para auxiliar no diagnóstico, diagnóstico diferencial, determinação de prognóstico e acompanhamento do tratamento na artrite reumatoide.

Anticorpos antinucleares (ANA) – o mesmo que fator antinuclear (FAN) – estão presentes em até 50% dos pacientes com artrite reumatoide, não significando concomitância de outras doenças autoimunes. Até 30% dos pacientes com artrite reumatoide são soronegativos para FR, sendo que, na fase inicial da doença, essa cifra pode chegar a mais de 50%. A radiografia óssea convencional é ainda o método mais utilizado, sendo que as alterações radiológicas fazem parte dos critérios diagnósticos da artrite reumatoide. Desde o diagnóstico da artrite reumatoide, o paciente e sua família devem ser informados sobre o caráter crônico da doença. A terapia medicamentosa visa obter o controle da dor e da inflamação e limitar o dano articular, melhorando o prognóstico funcional a longo prazo. Os antiinflamatórios são as drogas mais utilizadas no tratamento da artrite reumatoide. 1.Antimaláricos Os antimaláricos vêm sendo usados no tratamento da artrite reumatoide há mais de 50 anos, sendo seguros e eficazes, sobretudo para formas iniciais e leves. Doença intersticial crônica ou nódulos pulmonares, muitas vezes assintomáticos, são mais frequentemente observados, sendo muitas vezes de difícil diagnóstico diferencial com as alterações pulmonares decorrentes da própria artrite reumatoide. 3.Sulfassalazina A sulfassalazina é uma droga eficaz para o tratamento da artrite reumatoide, com perfil de toxicidade bastante aceitável, sendo utilizada no tratamento de formas leves a moderadas.

Artrite reumatoide – Terapia

7.Minociclina A minociclina, único antibiótico cuidadosamente estudado para uso na artrite reumatoide, atualmente não é mais utilizada no tratamento.

A base fisiológica do uso de imunossupressores para o tratamento da artrite reumatoide é a evidência de múltiplos mecanismos imunológicos mediando a sinovite e outras manifestações extra-articulares da doença. É usada no tratamento de formas moderadas a severas da artrite reumatoide, refratárias a outros tratamentos ou para controle de manifestações extra-articulares graves, como a vasculite. Um dos mais notáveis avanços recentes em termos de terapia na artrite reumatoide foi o desenvolvimento dos agentes modificadores da resposta biológica (agentes biológicos). Embora essas drogas pareçam ser hoje as medicações mais efetivas no controle da artrite reumatoide, ainda são necessários estudos de segurança a longo prazo. O tratamento cirúrgico bem indicado contribui para a melhora da função, mobilidade, controle da dor e qualidade de vida do paciente com artrite reumatoide. Pacientes com doenças crônicas, como é o caso da artrite reumatoide, frequentemente buscam terapias alternativas, algumas vezes em detrimento do tratamento tradicional. A artrite reumatoide é uma doença com elevada morbimortalidade, e o retardo no diagnóstico e tratamento adequados pode levar a evolução para formas graves e incapacitantes. O pannus é um tecido granulomatoso que invade e destrói os tecidos cartilaginoso e ósseo, sendo o responsável pela destruição articular na artrite reumatoide. A artrite reumatoide permanece hoje como uma doença crônica, com potencial de dano ósseo e cartilaginoso irreversíveis, acarretando altos custos para o indivíduo acometido e para a sociedade. A Artrite Reumatóide (AR) é uma doença inflamatória articular de causa desconhecida, com evolução crônica, que acomete indivíduos de qualquer raça, com predominância do sexo feminino na proporção de 3:1. Clique neste link Artrite Reumatóide e confira algumas orientações da Terapia Ocupacional! Palavras-Chave: Artrite reumatóide, Terapia ocupacional, Qualidade de vida Abstract Rheumatoids arthritis is one of the most reported chronic diseases by Rheumatology. Key-words: Arthritis, rheumatoid; Occupational therapy; Quality of life Introdução Artrite reumatóide é uma doença sistêmica crônica, de caráter inflamatório, que afeta principalmente os tecidos sinoviais de revestimento articular e tendinoso(1-10). O objetivo de realizar esse trabalho foi à necessidade de elaborar um manual de orientações de proteção articular para pacientes com de artrite reumatóide. Julga-se necessário outros estudos para comprovar a efetivação do uso de educação em saúde com os pacientes de artrite reumatóide e seus benefícios. artrite reumatóide, proteção articular, conservação de energia e fisioterapia.